MPPB inspeciona cadeias públicas de Pedras de Fogo e Alhandra


O Ministério Público da Paraíba realizou inspeções nas Cadeias Públicas de Pedras de Fogo e Alhandra. As inspeções, executadas pelo 17° Promotor de Justiça de João Pessoa, Ricardo José de Medeiros e Silva, fazem parte do procedimento administrativo 002.2020.000455, cujo objetivo é acompanhar o funcionamento das unidades prisionais do Estado da Paraíba.

Conforme o promotor Ricardo José de Medeiros, em relação à cadeia de Alhandra, observou-se que a unidade não apresenta graves problemas estruturais e não possui grande superlotação. “Contudo, faz-se necessária a instalação de mais equipamentos de combate a incêndio, promoção de atividades ressocializadoras para os presos do regime fechado que ali se encontram e melhorias no espaço destinado à cozinha da unidade prisional”, complementou.

Já quanto à Cadeia Pública de Pedras de Fogo foram detectadas irregularidades relacionadas à segurança, higiene e estrutura da unidade. Segundo o Promotor de Justiça Ricardo José de Medeiros, será realizada uma audiência e uma recomendação para buscar melhorias para a unidade prisional. “A cozinha do cadeia é um espaço adaptado dentro de uma das celas e a segurança da unidade prisional deve ser reforçada, para combater possíveis fugas e arremessos de materiais ilícitos sobre os muros da unidade prisional, 'conclui o promotor.

Ainda conforme o promotor, a meta é que, em 2020, todas as unidades prisionais do Estado sejam visitadas, a fim de que seja possível traçar novas políticas estratégicas e buscar melhorias a serem realizadas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CRIME BÁRBARO: Professor de História é assassinado com 31 facadas em Pedras de Fogo-PB (FOTOS/VÍDEO)

Corpo carbonizado é encontrado dentro de Canavial em Itambé PE

Homem é morto e outro fica ferido em Itambé