Prefeitura de Pedras de Fogo compra equipamentos ao próprio secretário que é sobrinho do prefeito


Em Pedras de Fogo fica tudo em família. Segundo o Tribunal de Contas do Estado, através do Sagres – A Prefeitura de Pedras de Fogo pagou o valor de R$ 2.360,42 pela compra de balanços xalingos para serem colocados no parque ecológico Padre Silvio Milanez. Mas, o que chama atenção é que o valor da compra foi direto para a conta do secretário de infraestrutura Lucas Falcão Cabral Romão, sobrinho do prefeito Dedé Romão.

Não basta receber o salário de R$ 6.200,00 como secretário, o jovem de apenas 25 anos que devido ao parentesco vem atuando há anos na gestão do tio, ainda recebe por venda de equipamento a própria gestão que atua.

No cargo de secretário e com o apoio do tio, Lucas Romão já está em pré-campanha para disputar o cargo de prefeito nas eleições 2020 e tudo que a gestão faz é para fortalecer o nome dele.

O prefeito Dedé Romão não desiste de ver um membro da família eleito com o seu apoio, já que nas eleições de 2018 o gestor passou como um trator por cima de aliados de primeira hora e dos próprios correligionários para impor a candidatura a deputado estadual do seu irmão Valdinho Romão que foi derrotado nas urnas, mesmo com uma mega estrutura de campana ao seu dispor.

Agora, Dedé também impõe o nome do sobrinho (filho de Toinho Romão) para disputar a Prefeitura de Pedras de Fogo, mesmo desagradando diversos aliados que não aceitam o nome de Lucas.

Para quem quer ser prefeito já começou errado! Lucas Romão deve explicar o motivo pelo qual foi escolhido para vender esse equipamento a própria gestão com o aval do titio.

Veja o empenho da prefeitura para pagar ao secretário:




Portal do Litoral

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CRIME BÁRBARO: Professor de História é assassinado com 31 facadas em Pedras de Fogo-PB (FOTOS/VÍDEO)

Corpo carbonizado é encontrado dentro de Canavial em Itambé PE

Homem é morto e outro fica ferido em Itambé